Notícias

Servidores estaduais avançam em mais uma etapa rumo à implantação do PAE

25/10/2016 - Mara Santos e Elcio Dias /Governo do Tocantins

A equipe da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI), responsável pelo gerenciamento do projeto de implantação do Processo Administrativo Eletrônico no Estado do Tocantins (PAE), está realizando nesta terça-feira, 25, uma reunião com os integrantes das comissões técnicas internas de apoio ao projeto nos órgãos públicos estaduais.  A reunião ocorre na Secretaria do Planejamento e Orçamento (Seplan), gestora do projeto, com os representantes das comissões técnicas dos seguintes órgãos: Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins), Companhia Imobiliária do Estado do Tocantins (Terra Palmas) e Polícia Militar do Estado do Tocantins (PMTO).

Segundo a analista de tecnologia da informação e gerente do projeto PAE, Keila Rosegela Parreira de Freitas, na reunião os servidores integrantes das comissões internas vão poder esclarecer dúvidas sobre regras do PAE e o uso do Sistema de Gestão de Documentos (SGD), software que foi adquirido pelo Governo para facilitar a produção e tramitação de documentos e processos. Em agosto, o Governo publicou o Decreto de número 5.490 que dispõe sobre o PAE e institui o SGD como ferramenta obrigatória para cadastro e trâmites de documentos oficiais.

O Governo do Tocantins iniciou a implantação do Processo Administrativo Eletrônico, em fevereiro deste ano, e em oito meses a equipe do projeto, já realizou várias ações para conscientizar sobre a adesão dos órgãos ao PAE e ao SGD, ferramentas que levam celeridade e economicidade ao trâmite de documentos. De acordo com a gerente do projeto Keila Rosegela, cerca de 1100 servidores da administração direta e indireta do Estado, foram preparados para atuarem como multiplicadores dentro dos órgãos e orientar os demais servidores sobre o uso do sistema.  “Estamos numa etapa de transição entre o papel e o digital, e atualmente no sistema é possível criar e tramitar documentos digitais com assinatura eletrônica, dispensando o uso do papel”, explica. A gerente do projeto adiantou que o cronograma de implantação dos processos digitais será liberado de forma gradativa, mediante avaliação e padronização de cada tipo de processo.

Comitê Gestor do PAE

No primeiro semestre deste ano, foi instituída em cada órgão e entidade do Governo Estadual uma comissão técnica de apoio à implantação do PAE, que participará ativamente junto ao Comitê Gestor do PAE e à equipe de gerenciamento do projeto na definição de regras e na sua execução.

O objetivo do PAE é  modernizar, dar segurança e maior transparência no serviço público, além de trazer economia, agilidade e eficiência para a gestão estadual.

Compartilhe esta notícia